Home » Insólitos » Eles Parecem um Casal De Adolescentes Normais, Mas só Parece Pois Ela é

Eles Parecem um Casal De Adolescentes Normais, Mas só Parece Pois Ela é

22
Ele na verdade é ela, e ela na verdade é ele? Hã? Como Assim? Arin Andrews, é um jovem de 17 anos, que antes era uma garota chamada Emerald; sua namorada Kate Hill, de 19 anos, antes era um garoto chamado Luke, que se conheceram há dois anos durante uma palestra de apoio para adolescentes transexuais em seu processo de transição sexual e se apaixonaram.
Os dois parecem como qualquer outro casal de adolescentes desfrutando do verão, e quase ninguém acredita que há dois anos eram ambos do sexo oposto. Eles voltaram às manchetes depois de uma entrevista para o jornal britânico The Sun, logo após a cirurgia de extirpação de mamas feitas por Arin, para se parecer mais varonil. Arin explica:
– “Odiava meus seios. Sempre senti que não me pertenciam. Agora, ao fim, me sinto feliz com meu corpo. Agora quando estou em uma piscina pública ou levantando pesos, ninguém arqueia mais a sobrancelha. As pessoas tem certeza de que sou homem mesmo. Posso usar camisetas sem mangas, algo que não podia fazer antes, e posso nadar sem camisa. Simplesmente posso ser um tipo normal. E sou muito feliz por ter a minha família e Katie que me apoiam.”
Originários de Tulsa, Oklahoma, o casal de namorados transexuais decidiu mudar-se de escola para evitar incidentes de bullying, apesar de que seus pais e amigos mais próximos apóiam o casal incondicionalmente, ambos foram intimidados quando revelaram sua condição de transexual. Por sua vez, Katie afirma:
– “Para mim, Arin é só meu Arin. Sempre me pareceu varonil. Mas agora que se fez sua cirurgia, está se sentindo bem mais cómodo e seguro. Ao ser transexual, entendo Arin melhor do que ninguém, como bem e completo que agora está se sentindo.”
Mas ainda falta caminho por percorrer, Arin e Katie ainda devem realizar alguns procedimentos cirúrgicos para completar sua transformação, entre outros tratamentos hormonais, no entanto agora que estão juntos pensam que sua transição será mais fácil.
Também não tem sido muito fácil para as famílias dos adolescentes, já que quase perderam a guarda dos filhos e também alguns de seus próprios amigos. A mãe de Arin diz:
– “Ainda há pessoas que viram a cara para mim na rua. Eu sei que eles me questionam como mãe”, diz. – “Mas é difícil, para qualquer um à vontade com seu género, entender o quão perturbador é que os jovens se sentem forçados a viver no corpo errado”.
A matéria do The Sun conclui que os pais devem ter cuidado para não tirar conclusões precipitadas. Mas quando as crianças parecem deprimidas e falam de um sentimento estranho de que estão vivendo no corpo errado, os pais não devem permitir que suas próprias ansiedades os rejeite.
23
24
loading...

Em Destaque:

funer

Ele foi ao funeral do amigo com um vestido de mulher horrível.. a razão é emocionante! Veja…

Esta é uma daquelas situações em que antes de conhecermos a motivo nos precipitamos a ...